Com irradiação solar global variando entre 1.500 e 2.500 quilowatts-hora por metro quadrado, dá para instalar sistemas fotovoltaicos em qualquer região do Brasil, com aproveitamento de energia solar o ano inteiro. Essa é uma das principais conclusões encontradas na segunda edição do Atlas Brasileiro de Energia Solar, publicado em meados de 2017 pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), que mostra o mapa da irradiação no Brasil.

Conforme a publicação, os valores de irradiação solar incidente em qualquer parte do território brasileiro são superiores à maioria encontrada nos países europeus, que a despeito dessa condição estão muito à frente da gente em termos de capacidade fotovoltaica instalada.

O Brasil conta ainda a seu favor com o chamado Cinturão Solar, uma faixa diagonal onde ocorrem os maiores valores de irradiação. Essa área vai do nordeste ao Pantanal, incluindo no caminho o norte de Minas Gerais, o sul da Bahia, o norte e o nordeste de São Paulo. Mas, de acordo com o Atlas, o Brasil tem uma distribuição bastante uniforme de irradiação.

A exceção é a região Amazônica por causa das chuvas e na nebulosidade. Veja abaixo o mapa da irradiação.

CUIDADOS PARA APROVEITAR O POTENCIAL

Para aproveitar toda essa incidência, os módulos fotovoltaicos precisam receber a luz do sol durante a maior parte do dia. Instalar as placas em zonas de sombra significa na prática reduzir significativamente a produção de energia. Daí, a importância de um bom estudo de dimensionamento de consumo e melhores locais de instalação.

Também é preciso considerar que, por enquanto, não dá para controlar o quanto de energia elétrica será gerado ao longo do dia a partir do sistema fotovoltaico. Dias de chuva, dias nublados ou muitas nuvens afetam o desempenho.

Geralmente, ao analisar os melhores lugares para instalação das placas solares, a primeira opção é utilizar as áreas de telhados. Antes é preciso conferir, no entanto, se a estrutura do telhado suporta o peso extra considerável dos painéis interligados.

O telhado não pode ter zonas de sombra, como estar localizado entre prédios mais altos ou ter uma das faces voltadas para uma direção de pouca luz. Montar estruturas em outras áreas mais ensolaradas do terreno ampliam as alternativas, aconselham os especialistas.

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link por e-mail para criar uma nova senha.